Fale Conosco

A vida do prefeito de Campina Grande não anda nada fácil e seus auxiliares não têm ajudado em nada. A polêmica deflagrada pelo coordenador de turismo da prefeitura Celino Neto, em pleno São João, anunciando que a emissora de televisão na qual trabalha apresentando transmissões do Parque do Povo,  TV Maior,  mesmo sem nenhuma expressão de audiência, foi escolhida para ter a exclusividade das transmissões ao vivo dos shows do evento, não agradou em nada os diretores e superintendentes dos demais sistemas de comunicação da Paraíba.

Nas imagens que já circulam pela internet, o coordenador de turismo de Romero afirma categoricamente que as transmissões de imagens dos shows serão permitidas apenas para a emissora de TV Maior que tem como sócio, ninguém menos, que o filho mais velho do senador tucano – Cássio Cunha Lima, e irmão do deputado federal pelo PSDB – Pedro Cunha Lima, o empresário Diogo Cunha Lima.

CELINO NETO, que segundo fontes, mesmo sem gozar da simpatia de Romero Rodrigues, ocupa o cargo por indicação do PP de Daniella Ribeiro, assim como todo o restante da pasta.

RETALIAÇÃO

Segundo informações obtidas com pelo portal, diretores e superintendentes dos sistemas de comunicação que foram excluídos pelo coordenador de turismo e apresentador, Celino Neto, já se organizaram em reuniões e devem apoiar pedido de abertura de CPI, junto com vereadores da oposição em Campina Grande, além da pressão de membros da Assembléia Legislativa, para tentar desqualificar a festa e investigar todo o modelo que foi adotado pelo perfeito, que tem beneficiado familiares, partidaristas, aliados e empresas que são ligadas diretamente às famílias Ribeiro e Cunha Lima.

Contactamos os citados, mas nenhum respondeu as nossas mensagens até o fechamento desta matéria.

Fonte: Polêmica Paraíba