Fale Conosco

O juiz Clóvis Rodrigues Barbosa deferiu ontem a tarde uma ação cautelar que pedia o bloqueio do pagamento da Prefeitura de João Pessoa para a empresa que fornecia merenda escolar para a rede municipal de ensino da Capital, SP Alimentação.

A justificativa para a suspensão do pagamento foi que a SP Alimentação poderia receber o pagamento e não quitar a dívida com os funcionários que já foram dispensados sem receber os direitos trabalhistas como é o caso das merendeiras.

As funcionárias da empresa que cozinhavam nas escolas foram dispensadas do trabalho sem maiores explicações e sem receberem os direitos trabalhistas referentes aos dois anos de registro em carteira profissional.