Fale Conosco

Antigamente, contar carneirinhos era um santo remédio para insônia. O tempo muda como quem muda de roupa e agora contar carneirinhos é vasculhar a vida do secretário de Administração do Estado, Gilberto Carneiro, para comprovar nepotismo e outras práticas que desqualifica uma gestão que se diz séria e republicana. 

Ontem o deputado Frei Anastácio denunciou a prática de nepotismo cruzado orquestrada por Gilberto, onde sua esposa foi nomeada para o gabinete do presidente do TRT, Paulo Maia, e a esposa de Paulo Maia foi nomeada para alto cargo no DETRAN. 

Agora vem a público que a coisa foi ainda mais generosa e a filha de Paulo Maia, Ana Lenira Ribeiro Coutinho Maia, foi nomeada para um cargo bacana lá na Espep. Lembrando que a outra filha, Celeste Maia, foi mantida comissionada “trabalhando” na Cagepa

Basta vasculhar o Diário Oficial para encontrar a nomeação ou até mesmo o Google. 

Daqui a pouco Gilberto Carneiro explica essas e outras contradições, do mesmo jeito que responde no TCE um processo por acumulo ilegal de honorários, quando era procurado da PMJP.

Mas todos que o processo parou e foi engavetado porque o filho de um conselheiro foi agraciado com um cargo bacana no serviço público. 

A propósito, tem Carneiro em todo canto e quando a família viaja pra Jacobina é um esparro. Aguardem publicação da lista.