Fale Conosco

Secretária de Administração do Estado, Livania Farias veio à boca do palco para desmentir o governador reeleitoral Ricardo Coutinho (PSB), chefe imediato dela. Como se sabe, RC tentou enlamear o debate da noite passada atribuindo ao rival Cássio Cunha Lima (PSDB) o recebimento da pensão de ex-governador e o salário de senador da República, perfazendo R$ 52 mil/mensais, conforme Coutinho.

Deu um tiro no pé. Isto mesmo, pois desde que assumiu o mandato de senador que Cássio autorizou a suspensão da pensão de ex-governador, versão confirmada pela secretária Livânia. “É fato que ele solicitou a suspensão, mas em 2013 solicitou o restabelecimento da pensão, pedindo para que fosse repassada a ex-esposa, de conformidade com os termos do divórcio”, disse ela.

Ricardo jogou o assunto no asfalto como se Cássio recebesse a pensão de governador e mais o salário de senador. Reiterou que estava suspensa desde 2013, “mas a pedido dele (Cássio) foi feito o restabelecimento”.

Em suma: Cássio contou a verdade e a secretária Livânia Farias confirmou.

BMF