Fale Conosco

O senador Raimundo Lira saiu da zona de conforto e veio aos microfones hoje para rebater as ameaças do contador Antônio Souza, que, com contumaz truculência, ameaçou expulsá-lo do PMDB.

Mas, o que ninguém percebeu foi que Lira já tem definição sobre o seu caminho pra 2018 e disse que vai disputar a reeleição. 
Argumentando que o PSB é aliado do governo federal e que não vai entrar nas miudezas da disputa na Paraíba, Raimundo Lira fez de conta que Antônio Souza não existe, pois nem seu nome citou.

Lira lembrou que esteve com Temer, Maranhão e RC lá em Monteiro e que ser aliado de um partido que é aliado do presidente não é infidelidade.

Na verdade, o que motivou o comentário do contador do PMDB foi o fato de Lira ter dito que “chegou a hora de o deputado federal Veneziano assumir a presidência do PMDB”.

Foi a partir dessa declaração lá em Monteiro, durante o evento da transposição, que Antônio Souza reagiu e ficou com os bofes quentes e Diego Amaranto fervendo.

Agora todos estão aguardando o tesoureiro/contador do PMDB vir a público com transparência dizer quanto o PMDB da Paraíba recebe por mês e qual o real destino dessa fortuna mensal.

Quanto e qual o destino? 

Dércio Alcântara