Fale Conosco

A afirmação dada por Michel Temer a líderes de legendas aliadas ao governo, no início da semana, segundo a qual ele não concorreria à Presidência diante de um cenário de candidaturas fragmentadas, fez surgir o rumor entre os líderes partidários de que o MDB possa se posicionar com neutralidade na corrida ao Planalto.

Esta, no entanto, não é a intenção do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, tratado como plano B do MDB ao pleito presidencial.

Segundo a Folha de S. Paulo, Meirelles aumentou sua equipe de redes sociais desde o início da semana com o objetivo de se posicionar sobre temas diversos, como saúde, educação e segurança.

De acordo com levantamento divulgado no início do mês pelo instituto Paraná Pesquisas, o ministro da Fazenda não soma 1% das intenções de voto.