Fale Conosco

Depois de muita polêmica sobre a viabilidade ambiental, a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) liberou, ontem, a licença ambiental para a construção do Shopping Pátio, do Grupo Marquise, no bairro de Intermares, em Cabedelo.

Segundo o responsável pela área de shopping do Grupo, Sérgio Gonçalves, a decisão possibilita o acesso à Licença de Implantação (LI), que torna viável à empresa dar entrada no Alvará de Construção na Prefeitura da cidade.

“O terreno já começou a ser limpo e o próximo passo será dar entrada no Alvará de Construção, que é um ato administrativo e deverá ser liberado em cerca de 30 dias. A aprovação de nossos estudos ambientais era uma grande preocupação, mas foram aprovados pela Sudema”, afirmou Sérgio Gonçalves.

Com a aprovação da Sudema, Sérgio Gonçalves contou que o canteiro de obras será erguido, logo após a limpeza do terreno. Isso significa dizer que será feita a construção do escritório da empresa, refeitório e alojamentos dos trabalhadores.

Os investimentos do Shop- ping Pátio são de aproximadamente R$ 200 milhões. O empreendimento deverá gerar 1.500 empregos durante a construção e mais 4.500 na operação do shopping.

O centro comercial terá 64 mil metros quadrados de área construída e, desses, 50 mil metros quadrados serão de área bruta locável. O empreendimento deverá promover uma arrecadação anual de R$ 70 milhões para os governos municipais, estadual e federal.

Após o funcionamento, o Shopping Pátio deverá ter um faturamento anual de R$ 600 milhões. O centro comercial terá 2.400 vagas de estacionamentos, 200 lojas na primeira fase e, dessas, 15 serão âncoras (ou megalojas). O empreendimento terá dois pisos e oito salas de cinema.

JP