Notícias

Levantamento indica que média salarial dos professores na Paraíba é a segunda pior do país

Considerada uma carreira de fundamental importância para o desenvolvimento da sociedade, o professor não tem muito a comemorar neste 15 de outubro, data dedicada a sua profissão. Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira pelo site de emprego Catho traçou um raio x das médias salariais por região. No levantamento, as diferenças na valorização desse profissional pode chegar a 77,66%. Como é o caso do salário médio de Minas Gerais (R$2.675,70) versus Pará (R$1.506,00). A Paraíba aparece na penúltima posição no país com a pior remuneração. No estado os profissionais da educação recebem R$ 1.600,00.

Com a melhor média salarial do país para o cargo de professor, Minas Gerais é o destaque da lista. Na segunda colocação aparece Mato Grosso, com R$ 2.466,67, seguido de São Paulo (R$ 2.383,18), Amazonas (R$ 2.369,59) e Paraná (R$ 2.365,88).

professor1

Do outro lado da lista, com as cinco médias salariais mais baixas, figuram Estados como Pará (R$1.506,00), Paraíba (R$1.600,00), Alagoas (R$1.658,14), Bahia (R$1.698,12) e Amapá (R$1.700,00).

professor2

Pesquisa Salarial

A Catho, site de empregos líder no país, divulga a cada três meses uma atualização da Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho. Este recorte faz parte da 48ª edição que contou com mais de 480 mil respondentes em mais de 2.000 cidades do Brasil.

BG