Fale Conosco

Por telefone, o deputado federal Leonardo Gadelha me conta que em nenhum momento a pré-candidatura de Guilherme Almeida esteve ameaçada e que na reunião que teve com Enivaldo Ribeiro e Rodrigo Soares deixou claro que no primeiro turno cada partido deve ter o seu candidato.

“Nosso Guilherme tem crescido aí em Campina e o PSC não negocia sua saída do páreo de jeito nenhum”, me contou Leonardo Gadelha.

Ele disse ainda que essa nota distribuída a imprensa anuncia apenas que os três partidos se uniram sob a bandeira de viabilizar projetos políticos e não ao contrário, inviabilizar Guilherme em Campina, por exemplo.

Atualmente na titularidade por uma licença médica da deputada Nilda Gondin, do PMDB, Leonardo parece está mais focado na sucessão municipal em lá em sua base de Sousa.

No plano estadual fechamos com Veneziano em 2014 e somos gratos pela oportunidade que a família nos deu para assumir o mandato, finalizou Leonardo Gadelha.

Resta saber agora se o PT rifou Alexandre Almeida em campina e e se Rodrigo Soares também rifar Luciano Cartaxo em João Pessoa, pois se não tem candidatura própria em Campina, em João Pessoa o diretório estará liberado para fechar com o Coletivo RC.

E agora Rodrigo?