Fale Conosco

O juiz Falkandre de Sousa Queiroz, da 21ª Zona Eleitoral, cassou, nesta segunda-feira (18), os mandados do prefeito de Barra de São Miguel, João Batista, e do seu vice, Fábio José Maia. Em contato com o Portal MaisPB, o magistrado explicou que determinou que o presidente da Câmara Municipal assuma o comando da Prefeitura imediatamente.

João Batista foi condenado por abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágios nas eleições de 2016, em ação proposta pela coligação “A Força do Povo”.

A decisão ainda torna os dois políticos inelegíveis por oito anos e determina a realização de novas eleições em 40 dias.

O juiz ainda aplicou multa de R$ 10 mil para o prefeito e o vice.