Fale Conosco

O prefeito e o vice-prefeito da cidade de Curral Velho, na região do Vale do Piancó, foram cassados por decisão do juiz eleitoral Antônio Eugênio, da 33ª Zona Eleitoral, em Itaporanga. A decisão de realização de novas eleições foi tomada nesta quinta-feira (18).

O prefeito Joaquim Alves Barbosa Filho, conhecido como Filhinho, e o vice-prefeito Manoel Estrela Neto teriam incorrido em situações de corrupção eleitoral e de abuso de poder econômico. Segundo a sentença expedida pelo juiz, os políticos foram acusados de contratações indiretas e irregulares de eleitores, realização de exames e cirurgias com fins eleitoreiros e irregularidades na arrecadação e gastos de campanha. A prática dos crimes teria beneficiado as candidaturas para os cargos de prefeito e vice nas eleições de 2016.

O juiz determinou que o presidente da Câmara Municipal de Curral Velho fosse oficiado para declarar a vacância dos cargos de prefeito e vice-prefeito. O presidente da Câmara irá assumir provisoriamente o cargo de prefeito até que seja feita a diplomação e posse dos novos eleitos.

O prefeito pretende apresentar um Recurso Ordinário ao TRE, na 33ª Zona de Itaporanga, bem como uma Ação Cautelar com efeito suspensivo da decisão de 1º grau. De acordo com a defesa do prefeito, ele pretende provar que os gastos narrados na denúncia não aconteceram.

 

Fonte: ClickPB