Fale Conosco

Gerir seu próprio negócio, buscar autonomia financeira e social. Este é o objetivo das sessenta mulheres que concluíram, na tarde desta quarta-feira (19), o III Workshop de Patchwork. Foram dois dias de oficinas promovidas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do programa João Pessoa Artesã (JPA), em parceria com as Linhas Círculo, empresa de Santa Catarina. A solenidade aconteceu no Hotel Globo, no Centro Histórico da Capital.

A primeira-dama de João Pessoa, Maísa Cartaxo, coordenadora do programa João Pessoa Artesã (JPA), participou da entrega dos certificados e destacou as ações da Prefeitura de João Pessoa na chamada economia criativa, de fomento principalmente do artesanato, capacitando mulheres donas de casa para desenvolver suas habilidades em prol da geração de renda e autonomia financeira.

“Temos o exemplo do projeto Sereias da Penha que, hoje, é conhecido até internacionalmente, através do artesanato de biojoias. Temos outros programas maravilhosos que estão sendo tocados com outras parcerias importantes, na gastronomia, nas cozinhas comunitárias. E esse workshop de patchwork também vai nessa perspectiva e esse é o objetivo do João Pessoa Artesã, que é fortalecer a capacitação com foco no talento humano”, disse Maísa Cartaxo.

Em sua terceira edição, o Workshop de Patchwork trouxe para João Pessoa a instrutora Sinelma Barcelos, da empresa Linhas Círculos de Santa Catarina. Ela destacou a evolução do projeto no aspecto do crescimento prático das mulheres, pois muitas participaram de todas as edições, além da perspectiva desse tipo de atividade que vem se consolidando em várias regiões do Brasil. “É um artesanato que permite várias possibilidades, elas estão conseguindo desenvolver isso muito bem, inclusive dando um toque paraibano, da cultura local”, disse.

Oportunidade – Margarida Guedes participou de todas as edições do Workshop de Patchwork. Foi através do aprendizado dessa técnica que ela passou a desenvolver seu próprio negócio, inclusive mantendo peças e acessórios em mostras de espaços da Prefeitura de João Pessoa. Ela acredita que a capacitação deste ano vai ajudá-la na criação de novos modelos para seu negócio.

“Eu amei a edição desse ano. A gente vai ganhando mais experiência, dominando a técnica e criando novas possibilidades, o que se reflete no meu trabalho”, garantiu a artesã que está com um stand de peças de patchwork no próprio Hotel Globo, num espaço mantido pelo João Pessoa Artesã para dar oportunidade às mulheres comercializarem seu trabalho.

Patchwork – é trabalho com retalho. É uma técnica que une tecidos com uma infinidade de formatos variados. O patchwork é a parte superior ou topo do trabalho. Já o trabalho completo é o acolchoado, formado pelo topo mais a manta acrílica e o tecido fundo, tudo preso por uma técnica conhecida como quilting ou acolchoamento.

 

 

Fonte: Assessoria