Fale Conosco

A Polícia Militar divulgou, nesta terça-feira (25), um balanço sobre acidentes nas Marginais Pinheiros e Tietê nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2017, segundo mostrou o SPTV. De acordo com o levantamento, foram 367 acidentes, sendo 288 com motos. Em comparação ao mesmo período de 2016, houve um aumento de 67%.

Segundo a polícia, conforme informou o jornal, seis motociclistas com idades entre 18 e 34 anos morreram nas marginais – três na Tietê e três na Pinheiros. Ainda de acordo com a PM, foram duas mortes a mais do que o mesmo período em 2016.

Nesta segunda-feira, a CET informou ter contabilizado a morte de sete pessoas nas duas marginais.

Mortes segundo a CET

No dia 14/2, na pista expressa da Pinheiros, proximidades da Ponte do Jaguaré.

Registrada no dia 4/3, também na pista expressa da Pinheiros, proximidades da Ponte Cidade Universitária.

No dia 10/03 na pista expressa da Marginal Tietê, proximidades da Ponte do Limão.

Registrada no dia 30/03 na pista central da Marginal Tietê, proximidades da Ponte da Casa Verde.

No dia 06/04 na pista central da Marginal Tietê, proximidades da Ponte Júlio de Mesquita Neto.

Ocorreu no dia 08/04, na Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, proximidades da Ponte Itapaiúna.

Aconteceu neste domingo, 23/04, na Marginal Tietê, sentido Castello Branco, próximo à Ponte Freguesia do Ó.

Morte recente

Um motociclista morreu  na manhã deste domingo (23) após se envolver em um acidente na Marginal Tietê, segundo a central de ocorrências da Companhia de Engenharia e Tráfego (CET) da prefeitura de São Paulo. Uma mulher que também estava na moto ficou ferida e foi levada para a Santa Casa.

A colisão, com um carro, ocorreu na transposição da pista central para a Marginal Tietê, sentido Castello Branco, próximo da ponte da Freguesia do Ó. Segundo a CET, o acidente ocorreu por volta das 6h10.

Para a CET, essa é a sétima morte nas marginais em 2017 e, segundo a companhia, nenhuma teve relação com o aumento da velocidade, em 25 de janeiro. Em março, na cidade como um todo, houve aumento de 7% no número de mortes no trânsito.

Fonte:G1