Fale Conosco

Governadores de 13 estados preparam carta contra o decreto de Jair Bolsonaro (PSL) que ampliou o porte de armas no país, dentre esses está o governador da Paraíba João Azevêdo (PSB).

De acordo com a publicação, os gestores pedem que Executivo, Judiciário e Legislativo atuem pela “imediata revogação” do dispositivo. “Julgamos que as medidas previstas não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros”, dizem. “Ao contrário, terão impacto negativo na violência, aumentando a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos e os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias”, argumenta o texto subscrito por mandatários da Bahia, Maranhão, Distrito Federal, Piauí, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Amazonas e Tocantins.

 

Vejam: