Fale Conosco

“Continuarei fazendo a gestão do Estado da forma que acho mais adequada. Não vou, de forma nenhuma, mudar o conceito do projeto, porque foi esse projeto que me elegeu”. A afirmação é do governador João Azevêdo (PSB), durante entrevista na TV Master na noite da segunda-feira (3), ao tratar sobre as especulações de rompimento político com o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Evidente que não há isso, já disse várias vezes que não tinha esse tipo de problema. O nosso governo é um governo de continuidade de um projeto”, disse João. “Não cheguei nesse projeto em janeiro agora, venho de 2005, lá da prefeitura [de João Pessoa], onde começamos a construir esse projeto. Sei exatamente da importância que Ricardo tem na criação e implantação desse projeto”, completou.

De acordo com João, alguns setores querem criar um ambiente de atrito apenas porque há diferenças na forma de tratar o projeto. Que, para ele, não tem problema nenhum e é natural.

O socialista destacou que vai seguir implantando seu modo de governar, sem se deixar ludibriar por armadilhas discursivas de opositores. “Continuarei fazendo a gestão do Estado da forma que acho mais adequada. Não vou, de forma nenhuma, mudar o conceito do projeto, porque foi esse projeto que me elegeu. Foi esse projeto que a população disse que queria que continuasse. A forma de conduzir o projeto é diferente, porque sou diferente, não tem fórmula”, declarou João.

E, mais uma vez, voltou a sepultar a tese de distanciamento de Ricardo. “Não tem rompimento nenhum, temos consciência da nossa importância para a Paraíba e para continuidade desse projeto”, finalizou o governador.