Fale Conosco

O ex-vereador, sindicalista João Almeida anuncia que também vai disputar a Presidência do Diretório Municipal do PMDB. Ele espera, inclusive, contar com o apoio do eventual pré-candidato à prefeito, pelo partido, o deputado federal Manoel Júnior, e demais lideranças peemedebistas na Capital.

João Almeida informa que já expôs sua intenção ao atual presidente municipal da legenda, deputado Benjamin Maranhão, e ao ex-governador e ex-senador José Maranhão. “Já conversei com Benjamin e José Maranhão e eles me deram o aval”, afirma.

Almeida acrescenta que sua trajetória política lhe credencia para disputar o comando do PMDB de João Pessoa e também para, com a ajuda dos filiados e militantes, trabalhar pelo crescimento, ainda mais, do partido. Segundo ele, quem, realmente, for partidário vai lutar pelo fortalecimento da legenda no município, adesão de novas filiações e engrandecimento dos quadros. “Agora, quem não for partidário e estiver querendo plantar discórdia no partido, está a serviço dos adversários e interessado apenas em se beneficiar”, lamenta.

O ex-vereador defende candidatura própria no PMDB para concorrer à Prefeitura de João Pessoa nas eleições do próximo ano. Ele propõe uma pesquisa para que a legenda possa definir o nome para concorrer ao cargo eletivo. “Quem estiver melhor nas pesquisas será o candidato à prefeito. Pode ser José Maranhão, Manoel Júnior, Fernando Milanez ou qualquer outro. Desde que esteja bem colocado”, explica.

João Almeida afirma, por fim, que o PMDB municipal recebeu, nos últimos dias, a filiação de lideranças importantes e com densidade eleitoral, a exemplo do Padre Adelino, Marconi Paiva, Doutor Marcos Paiva e Maria Cristina, líder do Movimento dos Ambulantes. O partido tem, ao todo, 38 pré-candidaturas. “E vamos trabalhar para eleger uma bancada de oito vereadores”, finaliza.