Fale Conosco

No Japão, milhares de pessoas foram às ruas da capital Tóquio pedir o fim do uso de energia nuclear. A manifestação acontece na véspera do dia em que se marca um mês do terremoto, seguido de tsunami, que devastou o nordeste do Japão. 

Com a tragédia, veio a ameaça de contaminação radioativa, mas o país sempre viverá o impasse de ser uma ilha sem outras fonte de geração de energia.

O Japão é uma ilha que não dispõe de recursos hídricos como o Brasil, que gera energia através da correnteza dos grandes rios e cachoeiras.

O protesto é importante e válido, mas leva a outras perguntas, como o que fazer para gerar a energia que a potência industrial precisa sem os riscos da energia nuclear?

É este o caminho que os japoneses devem seguir.