Fale Conosco

A cantora baiana Ivete Sangalo pode ser boa de palco, talentosíssima, simpaticíssima e tudo mais, mas tem se revelado um desastre na administração dos negócios.

Sua empresa Caco de Telha acumula prejuízos da ordem de 60 milhões por ter chutado a bola pra fora ao investir nos shows de Beyoncé e Black Eyed Peas, uma aventura empresarial coordenada pelo irmão da musa, que atende pelo nome de Jesus, mas não faz milagre.

Detalhe: a moça afastou o irmão dos negócios e tomou-lhe a chave do cofre.

Se de um lado Ivete ganha dinheiro de rodo nos inúmeros shows e micaretas Brasil afora, de outro parece meio atrapalhanda no gerenciamento do money.

Segundo nota publicada hoje na coluna do jornalista Cláudio Humberto, ela é tão generosa que emprega 70 pessoas, que em sua maioria são parentes, amigos e até ex-namorados.

Como Ivete vai se recuperar essa bolada eu nem imagino, mas com certeza para evitar a quebradeira vai ter que “deixar a chuva passar e o sol abrir”.