Paraíba

Instituto se mantém na disputa para construir casas em São José do Sabugi, apesar de recusa de prefeito

O município de São José do Sabugi, no Sertão da Paraíba, continua na disputa por recursos para a construção de 50 unidades habitacionais. A garantia foi dada à direção do Instituto Nordestino e à ex-candidata a prefeita, Karine Cabral, que se reuniram nesta segunda-feira (9), com a Secretária Nacional de Habitação, Socorro Gadelha.

O impasse para emplacar o município entre os selecionados no Ministério das Cidades se deu devido à recusa de secretários do prefeito Segundo Domiciano (DEM) de assinarem um ofício dando ciência de um provável convênio entre o Instituto e o governo federal para a execução das obras na cidade.

De acordo com o diretor do Instituto, Delaneo Aquino, os auxiliares do prefeito chegaram a alegar que não poderiam receber o documento diante da falta de setor de protocolo na gestão.

Ele afirmou ainda que precisou recorrer ao Ministério Público da Paraíba para denunciar o descaso da gestão com a redução do deficit habitacional na cidade.

Delaneo Aquino destacou que a construção das casas deve gerar um investimento de aproximadamente R$ 1,7 milhão em São José do Sabugi.

Tags: Tags: