Fale Conosco

Muito bem, vamos falar de processos judiciais. O pessoal da oposição fez festa com a notícia do encaminhamento de processo que tem o governador Ricardo Coutinho como réu, para a primeira instância. Trata-se de uma acusação de 2010, versando sobre possível contratação irregular de pessoal na Prefeitura de João Pessoa.

Isso é motivo para essa algazarra toda?

Digo que não.

O processo volta à Paraíba e será instruído pelos juízes daqui. A defesa será a mesma e o julgamento se dará assim que os julgadores considerarem satisfeita a instrução processual.

Não vi, porém, ninguém falar a respeito de um inquérito muito mais rumoroso do que esse processo de Ricardo, e que tem o senador Cássio Cunha Lima como investigado.

Trata-se da denúncia feita pelo delator da Odebrecht, que jura ter dado um bolão de 800 mil reais ao senador Cássio Cunha Lima nas eleições de 2014, quando ele disputou o Governo com Ricardo Coutinho. O delator afirma que o dinheiro foi produto de Caixa 2.

Esse inquérito contra o senador paraibano está em vias de ser concluído pela Polícia Federal e assim que o delegado que o preside bater o martelo, será remetido, sabe pra quem? Pra Sérgio Moro, o juiz da Lava Jato. O foro do senador deixou de ser especial e quem vai cuidar dele é o juiz de Curitiba. Com informações do Blog do Tião.