Fale Conosco

O ministro Aguinaldo Ribeiro já viveu dias de glamour no Palácio do Planalto, mas nos últimos dias, ao apagar de luzes de sua passagem pelo Ministério das Cidades, anda igual a portador de doença infectocontagiosa e ninguém quer encostar nele para não se contaminar. E Dilma anda P da vida com ele.

É que segundo uma fonte contou ao colunista Cláudio Humberto, no Palácio do Planalto chegou a informação de que o Ministério das Cidades enviou as emendas à Caixa Econômica depois das 16h do dia 31 de dezembro.

O PT, o PMDB e o próprio PP reclamam que também saíram prejudicados. O ministério estima que mais de R$ 60 milhões não foram empenhados.

Representante do PSDB na Comissão de Orçamento, Domingos Sávio diz que a oposição teve problemas na Saúde, Agricultura e Cidades.

Presidente do PP, o senador Ciro Nogueira (PI), rival de Aguinaldo na política interna do PP, é o mais cotado para assumir o ministério em lugar de Aguinaldo, que disputará as eleições. 

Cá pra nós, Dilma anda com um quente e dois fervendo com o auxiliar e tem evitado se deixar fotografar ao lado dele para não se comprometer. Ela esperava tudo do ministro, menos negligência.