Fale Conosco

A Secretaria de Saúde divulgou uma nota na madrugada desta quarta-feira (26), que o incêndio ocorrido na noite desta terça-feira (25), no Hospital Pedro I, foi ocasionado por uma sobrecarga elétrica no gerador da unidade de saúde. Devido às chamas, cinco pacientes da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) tiveram que ser removidos às pressas e transferidos para outras unidades de saúde. Veja imagens:

“A Secretaria Municipal de Saúde tranquiliza os familiares dos pacientes e dos profissionais que trabalham na unidade, pois a pane elétrica não comprometeu o atendimento dos pacientes internados e não provocou nenhum prejuízo estrutural”, diz trecho da nota.

Veja a nota na íntegra:

A Secretaria de Saúde de Campina Grande informa que ocorreu, na noite desta terça-feira, 24, uma pane elétrica no gerador de energia elétrica do Hospital Municipal Pedro I. O incidente aconteceu em função de uma sobrecarga na rede externa da unidade hospitalar.

Com a pane, o abastecimento de energia ficou comprometido em parte do Hospital e cinco pacientes da UTI foram transferidos para o Hospital de Campanha, que fica no mesmo complexo e que não sofreu queda de energia.

A Companhia Energisa esteve no local fazendo o reparo e em menos de duas horas o problema foi sanado. A equipe de iluminação pública do município e o staff de manutenção do hospital, também colaboraram na ação. O prefeito Romero Rodrigues e o secretário de Saúde, Filipe Reul, acompanharam o trabalho.

A Secretaria Municipal de Saúde tranquiliza os familiares dos pacientes e dos profissionais que trabalham na unidade, pois a pane elétrica não comprometeu o atendimento dos pacientes internados e não provocou nenhum prejuízo estrutural.