Fale Conosco

A notícia mais impactante de ontem teria sido a denúncia da ex-secretária de Finanças da gestão Ricardo Coutinho, Aracilba Rocha, que numa postagem no Facebook afirmou que houve desvio de recursos na Suplan na época em que o deputado eleito Ricardo Barbosa era o titular e que o dinheiro teria sido usado para comprar votos.

Teria, repito, se o foco da mídia não tivesse sido desviado talvez intencionalmente para a Delegacia da Mulher, onde uma senhora supostamente com transtorno bipolar ficou das 14h às 20h depondo sobre um hipotético “cárcere privado” que estaria vivendo a primeira dama Pâmela Bório, que quase de madrugada postou no Instagram uma foto com amigas num evento de moda no Chopp Time.

O que Aracilba disse é muito sério. E ela falou com a autoridade de quem esteve por mais de três anos com a chave do cofre do tesouro estadual e sabe o caminho das pedras dentro da gestão Ricardo Coutinho.

Ela diz que, após denunciar ao governador o suposto desvio de recursos públicos na Suplan, foi isolada dentro da gestão.

Pergunto: o Ministério Público já ouviu Aracilba? Após a postagem, alguma emissora de rádio já ouviu Aracilba?