Fale Conosco

Hervázio Bezerra – aquela barra de sabão escaorregadia – deu entrevista em uma emissora de rádio hoje e disse que as decisões políticas dele são de responsabilidade dele mesmo. Ele disse que não cabe aos amigos, irmão, aliados ou companheiros partidários decidir.

Hervázio defendeu a troca dos terrenos entre o Estado e o empresário Roberto Santiago e disse que o empresário é muito inteligente em querer trocar o terreno do Geisel por outro em melhor local para atrair pessoas.

O deputado disse ter compromisso com o partido mas preferiu não opinar sobre votos para 2012 porque o PSDB não tem, ainda, candidato definido para a PMJP, mas não vale falar com base em hipóteses, Hervázio acrescentou dizendo que é “político de corpo inteiro”.

Ele garantiu que só vai se pronunciar na hora certa para não estragar a amizade com o senador Cícero Lucena.

Cá pra nós, se hervázio aderiu a Ricardo não aderiu do nada. Houve conversas entre ricardistas e uma ala maranhista e dalí Hervázio partiu para ser hoje o líder de um governo que fez de tudo – de tudo mesmo – para que não ganhasse a eleição.

Hervázio talvez seja o precussor de uma alainça branca entre setores do maranhismo e o governador Ricardo Coutinho. Tudo, é claro, sem a autorização de Zé Maranhão.

A maioria dos políticos não consegue viver sem a máquina. 

Em tempo: deixei de chamá-lo de “Hervazio trairinha” por não ter mais a certeza de que ele traiu o seu grupo. O eleitorado eu sei que traiu, mas os aliados…talvez esteja ainda aliados. Será?