Fale Conosco

Querem um exemplo de que a propaganda enganosa do governo se desfaz quando o cidadão precisa do Estado? Quem for doar sangue no hemocentro de João Pessoa se prepare para levar massada numa espera de horas. É que os equipamentos não estão funcionando a contento e processo voltou à idade da pedra.

Um usuário denunciou que chegou a ficar seis horas na fila de espera, que fluía lentamente desde a triagem.

A desculpa é de que o processo de coleta estava sendo feito de forma artesanal, manualmente, o que diminui bastante a celeridade.

Sobre quando o equipamento quebrado voltará a funcionar, essa é uma pergunta que absolutamente ninguém por lá tem coragem de responder, o que me leva a crer que falta dinheiro para consertar ou boa vontade.

Hemocentro cheio, pessoas revoltadas com a lentidão e a direção se esquivando de oferecer explicações ao público. Esse é o quadro que o doador encontrará ao se dirigir ao Hemocentro hoje.