Fale Conosco

Enquanto avança em sigilo, na Polícia Federal, a investigação dos hackers do Telegram — que invadiram celulares de Sergio Moro, Deltan Dallagnol, Jair Bolsonaro e de mais uma série de autoridades da República — já produziu um fato inusitado: os criminosos captaram farto material de um figurão da República que não resistiria a um teste de fidelidade.

A informação é da coluna Radar da Veja.

Da redação