Fale Conosco

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deve indicar o desembargador Kassio Nunes para a vaga do ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF). A informação é do colunista do jornal O Globo Lauro Jardim.

Narural do Piauí, Nunes é atuante no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília. Ele não estava na lista dos mais cotados para o cargo na Corte.

Ainda de acordo com o colunista, o magistrado esteve nessa terça-feira (29) no Palácio do Planalto para o martelo ser batido. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), já teria sido avisado.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, o mais antigo na Corte, vai se aposentar no dia 13 de outubro. Com isso, o presidente poderá indicar um nome para a vaga.

Bolsonaro pretende dar uma “guinada conservadora” na escolha das duas vagas de ministros do STF que serão abertas no seu mandato até julho de 2021 – depois de Celso, o próximo a se aposentar é o ministro Marco Aurélio Mello. O nome ainda precisa ser aprovado pelo Senado.