Fale Conosco

Doze servidores estaduais foram notificados pelo governo da Paraíba por acúmulo irregular de cargos públicos, conforme publicações do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (4). Em um dos casos, o servidor é um médico do estado que é professor na UFCG e ocupa um cargo de vice-prefeito.

Ainda segundo a Comissão de Estadual de Acumulação de Cargos, quatro dos notificados são professores e quatro são médicos. A lista é completada ainda por uma enfermeira, uma assessora jurídica, auxiliar de fiscalização e vice-diretor escolar.

A notificação indica que o servidor tem o prazo de cinco dias consecutivos, a contar da publicação, para informar por qual cargo vai optar. Conforme as publicações, os servidores foram notificados anteriormente para que escolhessem pelo vínculo com o governo estadual ou não, mas que não indicaram a escolha.

As notificações são assinadas pelo presidente da comissão Thiago César Cavalcanti de Miranda Coelho. Os nomes dos servidores notificados podem ser conferidos a partir da página oito do Diário Oficial do Estado da Paraíba.

Lista dos cargos ocupados pelos notificados

  • Professora educação básica e secretária adjunta na Prefeitura de Bananeiras
  • Médico do estado, médico no PBPrev inativo, médico plantonista na Prefeitura de Coremas e médico de Patos
  • Professora no estado, professora na Prefeitura de João Pessoa e monitora a Secretaria de Educação
  • Médica anestesiologista no estado, médico no Fundo Municipal de Saúde de Sousa e professora na UFCG
  • Enfermeira no estado e dois vínculos de enfermeira em São Sebastião de Lagoa de Roça
  • Assessora jurídica na Codata do estado e assistente administrativo na Prefeitura de Lucena
  • Médico cirurgião no estado, professor na UFCG e vice-prefeito em Queimadas
  • Consultor legislativo na Assembleia Legislativa da Paraíba e auxiliar de fiscalização no estado
  • Vice-diretor de escola da rede estadual e gestor escolar na Prefeitura de Bayeux
  • Professor de educação básica no estado e agente de investigação na Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Seds)
  • Professor de educação básica no estado (dois vínculos) e professor no estado de Pernambuco
  • Médico no estado, médico na Prefeitura de Bananeiras, médico na Prefeitura de Ingá e cardiologista no Fundo Municipal de Saúde de Juripiranga.

G1