Fale Conosco

Os 27 governadores do Brasil farão uma reunião no final da tarde desta quarta-feira, 25, para discutir a pandemia de coronavírus e a crise política desencadeada por pronunciamentos do presidente Jair Bolsonaro, que tem criticado as ações adotadas pelos estados nos últimos dias.

Segundo o governador João Doria (PSDB), a reunião, que será feita por videoconferência das 16h às 18h, foi convocada em razão da “gravidade da situação do país” e do “comportamento do presidente da República”.

Será a primeira reunião conjunta de todos os governadores desde o início da crise causada pelo avanço do novo coronavírus.

Após o pronunciamento da noite da terça-feira 24, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, na saída do Palácio da Alvorada, que “alguns poucos governadores, em especial os do Rio [Wilson Witzel] e São Paulo [João Doria]” e autoridades municipais estão tomando medidas “além da normalidade”. “São verdadeiros donos de seus estados e municípios, proibindo o tráfego de pessoas, tráfego de rodovias, fechando empresas e comércios”, acrescentou.

A informação é da Veja