Fale Conosco

Depois de uma semana com as atividades paralisadas, os médicos cirurgiões do hospital da FAP irão retornar às atividades nesta terça-feira (9). O retorno acontece depois que a Secretaria de Saúde do município, atendeu o pedido da categoria e promoveu substituições no setor de auditoria.

Através de um ofício, encaminhado à direção da FAP, a secretária Luzia Pinto anunciou as mudanças desses servidores, muitos comissionados indicados pelo prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD). O pedido de substituição havia sido feito pelos médicos na última sexta-feira, durante um encontro com representantes do Conselho Regional de Medicina (CRM).

O impasse
Os médicos paralisaram as atividades depois que descobriram que os códigos das AIH’s estariam sendo modificados, sem o consentimento dos profissionais. De acordo com uma denúncia, encaminhada ao Ministério Público, em um dos casos um procedimento que deveria custar R$ 1.075 foi pago por R$ 56, causando prejuízos para os profissionais médicos e ao Hospital da FAP.

De acordo com os profissionais, pelo menos 122 AIH’s foram identificadas com alterações – o que provocaria a diminuição nos valores pagos aos médicos e ao Hospital da FAP. A Secretaria de Saúde nega qualquer tipo de ingerência nas mudanças dos códigos. Veja mais detalhes: http://blogs.jornaldaparaiba.com.br/plenopoder/2019/07/08/saude-substitui-auditoria-e-medicos-da-fap-voltam-amanha-ao-trabalho/

Redação