Fale Conosco

Foi internada na Maternidade Frei Damião, em João Pessoa, uma mulher, grávida de 22 semanas, que apresentou sintomas de Covid-19 pela segunda vez. Há a suspeita de que ela tenha sido reinfectada pelo novo coronavírus.

A mulher foi atendida na maternidade na última segunda-feira (18). Ela apresentou queixas de dor de garganta, falta de ar, tosse e perda do olfato, tendo iniciados os sintomas em 11 de janeiro. Ela não possui comorbidades e testou positivo no dia 17, quando foi realizado um teste RT PCR.

Esta foi a segunda vez que a mulher teve um resultado positivo para covid-19. Em 14 de setembro de 2020 ela testou positivo para a doença pela primeira vez, através do mesmo teste RT PCR.

De acordo com nota técnica, expedida pela Secretaria de Saúde da Paraíba no dia 30 de outubro de 2020, um caso pode ser considerado suspeito de reinfecção pelo novo coronavírus se o indivíduo tiver dois resultados positivos de RT PCR, com intervalo igual ou superior a 90 dias entre os dois episódios de infecção, independente da condição clínica observada nos dois episódios.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, em um caso como este, o material dos dois exames deve ser enviado ao centro de referência para que seja feito o sequenciamento genético do vírus e assim saber se é o mesmo nos dois casos ou se houve realmente uma reinfecção por outro vírus.