Fale Conosco

Alguns funcionários da Prefeitura Municipal de João Pessoa entraram em contato com o Blog para denunciar uma suposta coação por parte da gestão municipal para pressionar os servidores a aderirem a campanha do candidato apoaido pelo prefeito Luciano Agra (sem partido), o petista Luciano Cartaxo.

Segundo a fonte, emails são enviado por gestores convocando funcionários a participar da manifestação, até aí tudo bem!!!

“Convocamos a todos e todas a se fazerem presentes em uma reunião hoje (05/09) ás 18h30 no Clube Cabo Branco. Salientamos que sairá um Ônibus da Casa Amarela na Lagoa as18h00. Contamos com a presença de todos e todas!!!“, diz o email. 

No entanto, logo após o envio do email, alguns ‘sms’ foram também enviados através dos telefones (83) 99894539 e (83) 99913797 ratificando o chamado e especificando quais as Secretarias que não poderiam faltar ao evento. 

Mensagem1 – Convocação: hj as 18h30 reunião de adesão a campanha 13. Ônibus saindo da casa amarela as 18 h. Solicita se a presença de todos! 

Mensagem2 – hj as 14 hrs comite luciano cartaxo, manifestação SEDES. Ep pessoa,antigo Cecapro. DAS e Div CRAS conta com vossa presença. 

Mensagem3 – hj as 14 hrs comite luciano cartaxo,manifestação SEDES. Ep pessoa, antigo Cecapro. DAS e Div CRAS conta com vossa presença. SEDES, DAS e CRAS são os setores que devem ir 

Detalhe: Ainda conforme o denunciante, os ônibus que levarão as pessoas são da Paraíba Turismo que, por sua vez, teria contrato com a Prefeitura de João Pessoa.

Após receber o SMS, outra fonte revelou que além dos torpedos, também ocorreram ligações de números confidenciais dando conta de que, quem não atendesse o convite, poderia perder o cargo. Pelo menos 50 pessoas teriam recebido a convocação.

A suposta ameaça de ‘perda de emprego’, no entanto, não foi registrada via torpedo para evitar possíveis provas de crime eleitoral.

O Blog tentou entrar em contato com os dois telefones citados na denúncia, masambos encontravam-se fora de área ou desligados.