Fale Conosco

Expulso do PSL na semana passada, o deputado federal Alexandre Frota acusou o presidente Jair Bolsonaro de ser injusto com alguns companheiros que foram decisivos na campanha eleitoral do ano passado, dentre eles, o deputado Julian Lemos.

Em entrevista ao programa Roda Viva, Frota disse que Bolsonaro mudou muito após sentar na cadeira presidencial e disse que o “general deixou vários homens feridos para trás”.

Deixou Gustavo Bebianno (demitido da Secretaria-Geral em fevereiro deste ano), deixou Julian Lemos, que foi um soldado leal, deixou (o ex-senador pelo Espírito Santo) Magno Malta”, lembrou.

Ao afirmar que Lemos foi escanteado por Bolsonaro, Frota se refere à briga entre o deputado e um dos filhos do presidente, Carlos Bolsonaro. Após o desentendimento, Julian foi praticamente esquecido pelo presidente.

Da redação