Fale Conosco

O secretário do Turismo de João Pessoa, Daniel Rodrigues, revelou, em entrevista nesta terça-feira (22) ao programa 360 graus, que o Folia de Rua nunca foi vendido como evento turístico em agências de viagens e operadoras de turismo. Devido ao descaso das gestões anteriores com uma das festas mais tradicionais da Capital, a ocupação da rede hoteleira era baixa, com apenas 35% ou 40%.

“O Folia de Rua nunca foi divulgado como está sendo divulgado hoje. Não pode mais o Folia de Rua acontecer e ter uma ocupação de 35% a 40% na rede hoteleira. A minha função como divulgador, como representante do turismo da cidade de João Pessoa é levar esse material. Já vendemos para quase mil agentes, capacitações com operadoras de viagens, coisa que nunca foi vista”, destacou o secretário.

Daniel Rodrigues disse que, quando empresário da iniciativa privada, observava a inércia da prefeitura em relação ao evento carnavalesco, por isso ao assumir a pasta decidiu por em prática ações para alavancar a área. Com João Pessoa em evidência no período pré-carnavalesco, mais turistas chegam à cidade e, consequentemente, impulsionam a economia local.

“Quando a gente sentir a melhora das condições sanitárias do país, vou elevar esse evento [folia de rua] e eu quero que de 35% e 40% de ocupação em João Pessoa isso vá para 70%, porque vai se encaixar no projeto verão que nós estamos lançando logo mais”, adiantou.

O ‘Projeto Verão’ citado pelo secretário de turismo se trata de uma série de festividades que devem movimentar a Capital paraibana durante o verão. Rodrigues avalia que a prefeitura já deve divulgar o calendário de eventos previstos para acontecer em 2022, que também abraça o Folia de Rua, em agosto desse ano.

Na semana passada, o secretário revelou antecipadamente que Bell Marques e Ivete Sangalo seriam atrações confirmadas na prévia carnavalesca de João Pessoa em 2022. Ele ressalta que a iniciativa é da associação Folia de Rua e a gestão municipal apoia o movimento. Bell Marques tem sua participação confirmada no bloco ‘Vumbora’ e Ivete Sangalo estaria em negociação com a entidade.

Com relação a calendário de eventos prenunciado, Daniel Rodrigues adiantou que a Prefeitura de João Pessoa planeja encaixar eventos em todos os meses do ano, a fim de manter o setor turístico do município sempre em movimento. Em agosto, por exemplo, deve acontecer a semana do Jazz. Já em dezembro, está sendo elaborado um grandioso Natal, com duração de 34 dias.

“Um dos maiores ‘Natal’ que esse país pode realizar. São 34 dias. Estamos dando uma prévia do lançamento. Terá um retorno de R$ 80 milhões para o turismo da cidade de João Pessoa. Será um mês de dezembro, que vai do Busto de Tamandaré, passando pela praça da Independência e indo até a lagoa com um show de iluminação, um show de efeitos especiais, com projeção mapeada no colégio Pio X todos os dias, basicamente semelhante a Disney. Um projeto ousado que já lançamos para o prefeito e ele assinou em baixo”, contou o secretário de turismo.