Fale Conosco

Diferente do assalariado, a folga de carnaval para os deputados e senadores começou na última quarta (2) e vai até o próximo dia 14. Serão mais de dez dias longe de Brasília.

Ontem os parlamentares retornaram aos seus Estados, sem cortes nos salários, à tarde, pouco mais de 10 dos 81 senadores estavam no plenário.

Na Câmara, também não houve sessão. Dos 513 deputados, 188 passaram pela Câmara, mas muitos apenas registraram presença e logo em seguida viajaram para seus Estados.

Em todo o Congresso, na quinta e sexta-feira depois do Carnaval, vão ocorrer sessões plenárias dedicadas exclusivamente aos discursos. Como não há votações, nenhum parlamentar vai ter os dias não-trabalhados descontados do salário mensal de R$ 26,7 mil. A antecipação do feriado foi decidida pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), em conjunto com os líderes partidários.