Fale Conosco

A partir desta segunda-feira (27), seguindo um rigoroso esquema sanitário e também de fiscalização, os setores de alimentação e bares e as academias poderão voltar a funcionar com 50% da capacidade em João Pessoa. A liberação dos novos serviços faz parte da quarta fase do Plano de Flexibilização devido à pandemia de covid-19.

Além de respeitar as chamadas ‘regras de ouro’, como o uso obrigatório de máscaras, distanciamento de 1,5m e disponibilização de álcool gel, para a retomada dos setores de alimentação e bares, os empreendimentos terão de respeitas outras regras, como horário especial (7h às 10h para café da manhã; 12 às 16h para almoço; 18h às 22h para jantar), sem apresentação ao vivo ou espaços de recreação, proibição de sistema de rodízios, buffet exposto e self service servidos por atendente do próprio restaurante.

As academias de ginástica também devem respeitar as regras de ouro e retomam com 50% da capacidade para atividades individuais e seguindo agendamento prévio. As academias devem manter as máquinas distanciadas umas dos outras e realizar a limpeza com álcool 70% a cada uso. Estão vedadas aulas coletivas, como ginástica e dança.

O esporte profissional pode dar continuidade a seus jogos, no entanto, ainda sem torcidas. Outros eventos, como os sociais, permanecem fechados durante o mês de agosto, assim como as praias e estacionamento da Orla, cinemas e teatros e as atividades educacionais. “Do ponto de vista sanitário, estes são segmentos com maior risco de transmissão do vírus e, por isso, avaliamos a necessidade de manter as atividades suspensas para posteriores avaliações”, explicou o médico e coordenador da Central de Informações sobre a Covid-19 da PMJP, Felipe Proenço.

Em nota, a Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob-JP), explicou que por tratar-se de uma retomada, isso tem que ocorrer de forma gradual. Além disso, a medida visa desestimular a ida de família, para evitar aglomerações.

“O comitê gestor que cuida do processo de flexibilização, inclusive com orientação da Secretaria Municipal da Saúde, decidiu manter a proibição de estacionamento por ser um fator que desestimula a ida de famílias a praia, evitando aglomerações”, diz a nota.

Mais setores – As aulas de universidades com cursos na área da saúde poderão retornar nesta quarta etapa do Plano, com aulas práticas em laboratórios e com estágios para os concluintes dos cursos em 2020.1. Os serviços públicos essenciais continuam sob protocolos de segurança e com agendamento. E as demais atividades das tapas anteriores não sofrem alteração nesta quarta fase.

Cenário do coronavírus em JP – De acordo com a gestão municipal, o número de pacientes em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) dos hospitais públicos da Capital continua caindo e, pela primeira vez desde o início do mês de maio, a média semanal de ocupação das UTIs ficou abaixo dos 60%. Aliado a isso, a pressão nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) também segue em ritmo decrescente e a média diária de óbitos segue diminuindo.

A partir da consolidação desta avaliação que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) vem realizando diariamente, o Núcleo Intersetorial de Prevenção e Cuidados com relação ao novo coronavírus planejou o início da quarta etapa.

“João Pessoa está dando exemplo de retomada segura e planejada das suas atividades. Com este Plano, iniciado oficialmente em 15 de junho, a cidade vem paulatinamente entrando neste ‘novo normal’ sem perder tudo que já conseguiu realizar desde março, quando foram tomadas as primeiras medidas de isolamento social. Com apoio da população e uma ação estratégica para fazer o primordial nesta luta, que é salvar vidas, João Pessoa pode, agora, entrar na quarta etapa da flexibilização, com protocolos dialogados com novos setores e acompanhamento permanente das áreas que já estão em funcionamento, para fortalecer nossa economia”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.