Fale Conosco

Em pesquisa divulgada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), através do boletim Observatório Covid-19, com base na semana dos dias 4 a 10 de abril, alerta que a pandemia pode permanecer em níveis críticos ao longo deste mês. O país continua em tendência de crescimento de casos e alta transmissão da Covid-19.

Os pesquisadores apontam que medidas restritivas e de contenção do vírus adotadas por alguns estados e municípios causaram “êxitos localizados”, que podem resultar na diminuição dos casos graves da doença nas próximas semanas. Uma ideia de flexibilização neste momento poderá trazer facilmente maiores níveis de transmissão da Covid-19.

Recomenda-se a aplicação de medidas sanitárias que possam reduzir a disseminação do vírus, a exemplo do uso das máscaras de proteção, distanciamento social, higiene pessoal e de ambientes, além do isolamento social. Todas as pessoas podem desenvolver a forma grave da doença.

O isolamento social mais rigoroso ainda não teve impacto sobre o número de óbitos e a demanda hospitalar dos pacientes com Covid-19 no país. As pessoas idosas e as que têm outras condições de saúde como pressão alta, problemas cardíacos e do pulmão, diabetes ou câncer, têm maior risco de ficarem gravemente doentes.