Fale Conosco

Passada a euforia do impacto da decisão do STF alguns questionamentos precisam ser feitos para deixar a coisa em pratos claros.

Por exemplo, Cássio poderá concorrer em 2012, 2014 ou 2016?

A decisão do STF foi no sentido da não aplicação da Lei Ficha Limpa retroativa ao ano de 2010.

Ela não foi revogada e valerá a partir de 2012 e como Cássio foi condenado por conduta vedada e cassado do cargo de governador por abuso de poder econômico no pleito de 2006, estaria impedido de disputar essas eleições sim..

O Ficha Limpa prever oito anos de jejum para os fichas sujas e se a Lei começa a vigorar a partir de 2012 Cássio poderá disputar mandato só em 2020.

Ou seja: é senador até 2018, fica dois anos sem disputar nada e só em 2020 poderá disputar um mandato de prefeito.

Quer dizer que quando Cássio diz que cumprirá o mandato até o fim, ele o faz por força de Lei.

Mesmo assim, o cenário mudou a partir de Cássio ter conquistado essa condição de senador. E a pergunta é: ele apoiará a reeleição de RC sendo o candidato de oposição de Campina Grande? Veneziano, por exemplo.

Agora ele vai costurar com mais tranqüilidade a candidatura do filho Diogo, um intermediário do próprio sangue.

Mas, se eu fosse Cássio, só comemorava quando tomasse posse.

Wilson Santiago é tinhoso e Joaquim Barbosa não é flor que se cheire. Como se sabe, as decisões agora são monocráticas e pode haver muita protelação.

Em tempo: se a oposição não se movimentar a política paraibana vai ficar enfadonha com Ricardo conquistando hegemonia por falta de contraponto competente.

Peguntar não ofende: qual é a ´perspectiva de poder que a oposição tem hoje?