Fale Conosco

O deputado Tião Gomes continua com a navalha afiada. E todo mundo sabe que é melhor ser amigo ou aliado dele.

Perguntei  a ele hoje antes da posse na AL se os 100 milhões que ele diz que foram gastos dos cofres públicos para reeleger Ricardo Marcelo saíram dos cofres da Assembléia ou do Governo, ou ainda se meio a meio. 

Rápido no gatilho ele me disse que tem quatro anos para me contar essa história em detalhes. Para um bom entendedor poucas palavras bastam.

Todos sabem que Tião não é de inventar. Aumenta, mas não invente. Como raposa das antigas sabe como poucos quanto custou cada garajau do galinheiro. 

Então se é assim vamos esperar pra saber quem bancou essa conta, além, é claro, do contribuinte.

Pra não deixar a história pela metade, perguntei a ele o número do emprenho e se houve licitação. Ele riu, mas coçou aquele bigode inquieto.

Um dia ele abre a caixa preta.