Fale Conosco

EXCLUSIVO– Aqueles dados apresentados pelo governador Ricardo Coutinho para constranger Veneziano e humilhar Campina na verdade não se referem ao que está na alçada da Prefeitura, mas o que é da competência do Governo do Estado.

No arfam de enquadrar Veneziano o governador acabou trocando as bolas e sacando da cartola números que estão em sua própria alçada.

Os dados se referem aos anos de 2009 e 2010 coletados pelo censo nas escolas – pasmem!- estaduais.

Agora o governado vai vir com uma emenda pior do que o soneto dizendo que a assessoria foi quem cometeu o equivoco e que as informações na área de Educação são as piores possíveis por culpa de Maranhão.

Ou seja: o velho e surrado retrovisor que ninguém agüenta mais ouvir.

Quem descobriu o equivoco foi secretário de Educação da PMCG ao comparar o relatório entregue pelo governador a Veneziano com dados da própria secretaria de Educação do Estado.

“Os dados ruins que ele apresentou refere-se ao que é papel do Estado e não da Prefeitura”, disse o secretário Flávio Romero.

Isso é no que da o governador insistir na política de muro baixo e sem querer descer do palanque. Se fosse uma prova elminatória, RC tinha levado pau!

Pra encerrar, pergunta não ofende: quando começa pra valer o ano letivo?