Fale Conosco

A Justiça paraibana condenou o ex-prefeito de Quixaba, Júlio César de Medeiros Batista, pela prática de improbidade administrativa, em decorrência de fraude e superfaturamento no contrato firmado com a empresa Silva e Leite Construções e Serviços Ltda. para a coleta de lixo no município. A decisão foi do juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior.

O ex-gestor teve os direitos políticos suspensos por quatro anos, além da perda da função pública e ressarcimento ao erário no valor de R$ 123.171,45. Também foram condenados a empresa Silva e Leite Construções e Serviços Ltda. e o sócio-gerente Gerson Leite da Silva.

Da redação