Fale Conosco

Esta semana aconteceu um caso incomum no sertão paraibano, quando o Tribunal de Contas da Paraíba diz que um gestor deve determinado valor, ele tem que devolver o dinheiro que faltou na prestação de contas apresentada ao TCE.

O ex-prefeito de Nazarezinho, sertão, Gilson Luiz (DEM), foi condenado à desembolsar R$ 2.900 para pagar a multa de um acórdão do TCE. Mas Gilson Luiz não tinha o dinheiro.

Segundo portais de notícia do sertão, a justiça disponibilizou um freezer do político leiloar e saldar a multa, mas ninguém arrematou o bem do ex-prefeito pelo valor que foi avaliado.

Agora, caso a Prefeitura não aceite o freezer como pagamento, Gilson Luiz terá que oferecer outro bem móvel para pagar a multa.

Segundo o portal Diário do Sertão, Gilson Luiz responde ainda à 60 processos, sendo 51 na justiça comum e nove na justiça federal.