Fale Conosco

 

A empresa JBS e o Rei Roberto Carlos travam uma briga na justiça por conta do rompimento unilateral do contrato de publicidade, encurtado em e um ano sob o argumento de que as pessoas não acreditavam que o cantor tivesse comido aquele bife no comercial.

O pega pra capá envolve milhões e o argumento apresentado pelo pessoal da JBS no tribunal queima a meteórica carreira de garoto propaganda do cantor, pois se não serve para vender carne, logo não serve para vender mais nada, apesar de vender discos como ninguém.

A verdade é que a Friboi deu um salto sim ao trazer Roberto à nossa lembrança antes do especial de fim de ano da Globo.

Usou a música O Portão com o famoso refrão “Eu voltei”, se associou ao conceito unanimidade, mas não percebeu antes de contratá-lo que já bastava essa jogada de mestre e que ter o Rei em exposição maior do que a que estamos acostumados despertaria no público uma desconfiança.

E dessa lógica a pesquisa de mercado logo concluiu que mais do que já tinha aparecido era errar a mão.

Resumindo, até a rescisão do contrato acaba sendo uma jogada de marketing, pois traz a Friboi associada ao Rei de volta ao noticiário e justamente no final de ano, quando ele reina em nossos lares.