Fale Conosco

Filho de servidores aposentados, o deputado federal Tiago Mitraud (Novo-MG), 34, comanda a frente parlamentar da reforma administrativa. O jovem deputado, ao lado de congressistas experientes como Kátia Abreu (PP-TO) e Antonio Anastasia (PSD-MG), assume a missão de convencer pares a tocar as mudanças.

“[Queremos] criar um ambiente de pressão positiva, mostrar ao Executivo e ao presidente [Jair Bolsonaro] que o Congresso quer essa reforma, que não precisa ter medo.”

De acordo com o presidente da frente, progressão na carreira e avaliação de desempenho já podem e devem ser revistos. Nem mesmo a estabilidade escapa. “Baixo desempenho deveria ser critério para o fim da estabilidade.”

Segundo o deputado, nenhum dos Poderes deve ficar de fora. “Vamos falar com o [próximo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz] Fux para tentar criar um contexto no qual todos os Poderes vão fazer suas reformas”, diz.

Ele prevê resistência. “Hoje, no Brasil, ganha mais quem grita mais”, afirma.

Nesta terça-feira (1º), Bolsonaro disse que enviará na quinta (3) o texto da reforma ao Congresso.