Notícias

Está no sangue: Governo RC exonera servidor e traz nomeação de irmão para mesmo cargo

 

A Paraíba está mudando, de verdade, os cargos públicos agora são hereditários. Passam de um irmão para o outro, de tio para sobrinho.

Claro que tudo isso para aqueles que apóiam o Governo Ricardo Coutinho. Para os que não apóiam resta perseguição e exoneração.

Mas a denuncia que segue abaixo veio através de um email que recebi. Vou colocar abaixo o texto do internauta que me enviou, mas vou preservar o seu nome. Segundo o texto, um servidor foi exonerado para dar espaço ao irmão.

Isso mesmo, um foi exonerado e no mesmo dia o outro foi nomeado para a vaga. Mas o que o internauta diz é que eles são sobrinhos de um fiel seguidor do Coletivo Girassol.

Leia o texto:

“Não existe problema algum, quando o governo ou seus assessores, nomeiam e exoneram as pessoas dentro da estrutura administrativa, com o propósito de trocar competências e experiências, a fim de melhorar o serviço executado. Certo? Nem tanto. Fomos devolvidos pela AGEVISA-PB à Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba, com cartas de referências que mais pareciam cartas de recomendação ao primeiro emprego, e na verdade, era a mais pura e deslavada perseguição de figurinhas carimbadas do Coletivo do Mago. E essas figurinhas acham que podem tudo… A última manifestação do desrespeito ao povo da PB está estampada no DOE, de 29/07/2011, portarias no. 30 e no. 33 (ambas na página 16 do diário oficial), que exonera o Sr. Sílvio L. Brasileiro Araújo do cargo de Gerente Técnico, para antes, nomear para o mesmo cargo, o seu irmão de sangue, o Sr. Sérgio R. Brasileiro Araújo, que possui as mesmas qualidades gerenciais, técnicas e profissionais (quase um irmão gêmeo univitelino puro… Ah! Se fosse assim em toda família paraibana). É ainda mais estranho, quando ao nomear o segundo irmão, esconde-se o tal sobrenome BRASILEIRO, colocando apenas “B.”, para tentar não ligar ao mentor dessa engenhosa substituição técnica: o tio querido e bondoso, integrante do Coletivo duro, seguidor fiel de RC e da transloucada Roseana Meira, que sempre amealha alguns cargos públicos para os seus, principalmente da Saúde, que é gerente da vigilância sanitária municipal de João Pessoa e ainda, encontra valiosos espaços na sua otimizada agenda pública, para ser analista laboratorial do LACEN-PB: IVANILDO DE LIMA BRASILEIRO.

É isso que ocorre na PB de hoje. A falta de critérios e a admissão de pessoas sem o menor preparo para assumir algumas funções extremamente técnicas, e o que é ainda pior, a substituição de membros da mesma família, para os mesmos cargos, como se esses fosse vitalícios e pertencentes à família dos “Brasileiros”… Uma vergonha pra uma administração que beira a insanidade! Estamos de olhos abertos.”

REPRODUÇÃO DO D.O.E. – PARAÍBA, DE 29/07/2011, PÁGINA 16.

 

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA-AGEVISA/PB

DIRETORIA GERAL

 

 

PORTARIA N. ° 030/2011/AGEVISA/DG            João Pessoa, 30 de Junho de 2011.

O Diretor Geral da AGEVISA-PB, no uso das atribuições que lhe confere o Artigo 16, Inciso VI, da Lei Estadual n° 7.069 de 12 de abril de 2002, combinado com o Artigo 6o, Inciso V do decreto 23.068 de 05 de junho de 2002. RESOLVE nomear Sérgio Ricardo B. Araújo, no cargo de Gerente Técnica de Informação, Comunicação e Sistema de Vigilância Sanitária, da Agência Estadual de Vigilância Sanitária – AGEVISA-PB, símbolo AVG-04.

 

 

PORTARIA N. ° 033/2011/AGEVISA/DG           João Pessoa, 30 de Junho de 2011.

O Diretor Geral da AGEVISA-PB, no uso das atribuições que lhe confere o Artigo 16, Inciso VI, da Lei Estadual n° 7.069 de 12 de abril de 2002, combinado com o Artigo 6o, Inciso V do decreto 23.068 de 05 de junho de 2002. RESOLVE exonerar, a pedido, Silvio Leandro Brasileiro Araújo, matrícula n° 000156-2, no cargo de Gerente Técnico de Informação, Comunicação e Sistema de Vigilância Sanitária, da Agência Estadual de Vigilância Sanitária – AGEVISA-PB, símbolo AVG-04.