Fale Conosco

Ele deixou a Rainha e foi tentar a sorte no Conde. Na hierarquia preferiu descer alguns degraus para tentar a sorte que ainda não teve. Se dessa vez logrará êxito, eu não sei. Mas, já tá se envolvendo em polêmica.

Falo de quem? Do inoxidável Marcos Marinho, figura bastante conhecida em Campina Grande, mas que hoje feito carne verde posta ao sol com sal para não estragar, perambula como carne de sol lá por Jacumã, município do Conde, como se a vida fosse um eterno veraneio.

E por que não tentar a vida pública em Campina? Ele já tentou tanto que se tentar mais uma vez vira atentado violento ao pudor.

Campina disse não a Marcos Marinho e ele debandou-se para o Conde como se paraquedista ao cair já virasse filho da terra.

Marcos Marinho quer ser o vice de qualquer um, preferencialmente do Padre Severino, que tem juízo e não aceita escorpião como guarda costas. Nem mesmo será candidato.

Querendo entrar no jogo sem fichas, deportado de sua rainha da Borborema por incompatibilidade, agora quer Marcos Marinho cantar de galo onde é “asilado”.

Que motivos o Conde tem para adotar quem não conseguiu conviver com uma Rainha? Como dizem lá em Jacumã, quem te conhece não te compra.