Política

Enquanto Pedro cobra fim de comissionados, Cássio é o Senador paraibano com maior número de cargos em comissão

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) critica a criação de cargos comissionados na Câmara Federal e é a favor do fim dessa regalia para que haja uma redução no custo da máquina pública.

Na noite desta terça-feira (10), após uma sessão que aprovou a criação de mais comissionados para a intervenção no Rio de Janeiro, Pedro divulgou um vídeo em sua rede social Instagram no qual aparece chamando de inadmissível a mania por cargos de comissão.

“Se quiser mais cargos para a intervenção no Rio, beleza, mas pelo menos acabe com alguns cargos, faça remanejamento, diminua o custo da máquina. É inadmissível você ter essa mania de criação de cargo, de ter o aumento da máquina pública. É realmente revoltante. Fiz um pronunciamento contra isso e deixei meu voto contrário”, informou o deputado após a sessão.

Assista ao vídeo:

 

Mas, totalmente na contramão do que é pregado por Pedro, seu pai, Cássio Cunha Lima (PSDB), é o rei quando o assunto é o uso de cargos comissionados dentro do Senado. Enquanto os outros senadores paraibanos, Raimundo Lira (PSD) e José Maranhão (MDB), somados, têm um total de 51 comissionados – Maranhão 24 e Lira 27 -, Cássio sozinho possui 46 cargos comissionados em seu gabinete e escritórios de apoio.

Veja os números do parlamentar na Transparência do Senado:

Os cargos comissionados são aqueles ocupados temporariamente por quem não passou por um concurso público e destinados a funções de chefia e assessoramento, de livre nomeação e exoneração.

 

Fonte: Bastidores da Política

Tags: Tags: