Fale Conosco

Emudecido pelas panelas, o presidente Jair Bolsonaro falou ontem à nação.
Foram cinco minutos de meia verdades, mentiras completas e dados distorcidos.
Além de muita encheção de linguiça – misturando infraestrutura com copa América, emprego com privatizações– para passar a impressão de que seu governo é uma locomotiva administrativa.
O programa 360 Graus checou as informações e aponta agora os principais enganos do presidente.
O primeiro deles foi que o Brasil seria o quarto país que mais vacina no mundo, o que só é verdade por números absolutos.
Em termos proporcionais, porém, o Brasil é o 83º país no ranking de aplicação da primeira dose e o 85º na aplicação da segunda. Só dez por cento da população está efetivamente imunizada.
Bolsonaro também ignorou as informações colhidas na CPI da Covid, que mostram que o presidente boicotou a compra de vacinas.
Em sua fala, ele ainda comemorou o aumento do PIB e o crescimento das estatísticas de emprego.
O PIB de fato cresceu 1,2 no primeiro trimestre desse ano em comparação com o último trimestre de 2020. Mas continua negativo em 3,8 por cento no acumulado dos últimos doze meses.
Já em relação ao emprego, Bolsonaro distorceu os dados, ignorando que o IBGE apontou queda de 7,8 por cento na geração de emprego formal entre 2019 e 2020. O Brasil tem hoje mais de 14 milhões de desempregados – um recorde desde o início da série histórica, iniciada em 2012.
Com tantas mentiras, distorções e meias verdades, os brasileiros fizeram bem em bater as panelas ao invés de ouvir o presidente.
Pois nem sua atrasada solidariedade às famílias das vítimas da Covid soam como verdade.
Quem tem memória jamais irá esquecer de seu “e daí, não sou coveiro”.

Confira: