Fale Conosco

Acordão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), publicado ontem (25), decidiu manter o empresário Roberto Santiago na prisão. A decisão foi da quinta turma do STJ. . O julgamento foi realizado no dia 18 de junho, mas o acórdão saiu ontem.

Esse é o quinto Habeas Corpus negado a Santiago. Os advogados de defesa alegavam que não havia mais motivos para manutenção da prisão preventiva e que o empresário estaria sofrendo constrangimento legal.

Eles pediam a conversão da preventiva em medidas cautelares. De acordo com a defesa, Roberto Santiago sofre de doença crônica pulmonar, sendo necessária a prática regular de fisioterapia.