Paraíba

Empresário que aparece em vídeo negociando propina com prefeito de Bayeux se nega a falar com imprensa

A equipe da TV Arapuan foi até o escritório do empresário Ramom Acioly, dono de uma fábrica de tintas em Santa Rita e fornecedor da prefeitura de Bayeux, na grande João Pessoa.

Ramon aparece em um vídeo divulgado nesta terça-feira (24), negociando com o prefeito interino de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), uma suposta propina de R$ 100 mil.

Na porta da empresa, o repórter David Martins tocou a campainha, mas não foi atendido. A equipe também tentou ligar para o telefone pessoal do empresário, mas ele não atendeu.

Após muita insistência, uma funcionário da fábrica abriu o portão, mas afirmou que o dono da empresa não estava.

Nas imagens, Luiz Antônio diz que tem R$ 100 mil no carro e pede mais R$ 100 mil ao empresário, alegando que é para divulgação de conteúdo de vídeo que comprometeria Berg Lima. Na conversa ele garante ao empresário que Berg cairia do cargo de prefeito.

“A ideia é estourar, porque quando estourar o Ministério Público vai ter que bater em cima”, diz o prefeito interino Luiz Antônio. O vídeo foi gravado na sede de uma fábrica de tintas em Santa Rita, no dia 4 de junho deste ano, dia que antecedeu a prisão de Berg Lima, que aconteceu no dia 5 de junho.

O coordenador de Comunicação da Prefeitura de Bayeux, Bruno Sena, disse que a prefeitura irá emitir uma nota, ou o prefeito vai se posicionar sobre a situação, mas ainda não há uma previsão.

Fonte: Paraíba.com

Tags: Tags: